11 de setembro de 2016

Integridade e ansiedade

Olá pessoal tudo bem? Costumo acompanhar vários blogs de pastores ou mulheres que compartilham mensagens inspiradas por Deus para ajudar nossa vida espiritual. Entre os que acompanho está o blog do pastor Hernandes Dias Lopes. As mensagens que o pastor compartilha são uma bênção e tem me ajudado bastante na minha jornada com Cristo. Semana passada estava lendo alguns posts dele e dois me chamaram bastante atenção, são alguns trechos dessas mensagens que venho compartilhar com vocês.

Integridade inegociável. Não furtarás (Ex. 20).

 Nesse post o pastor destacou quatro situações da vida onde as pessoas quebram esse mandamento. Por incrível que pareça, não são situações difíceis de aparecer no nosso dia a dia, veja algumas: trabalho que as pessoas são pagas para fazer e  fazem de qualquer jeito,  funcionário que vai para o trabalho e passa o dia todo sem fazer nada, por incrível que pareça isso é furto! Furto de tempo, de empenho e desempenho.  Na curta lista do pastor tem bastante coisa, veja as quatro situações que ele citou.

Em primeiro lugar, furta-se sempre que o alheio é apropriado de forma frontal e violenta. Cresce assombrosamente em nossa nação os assaltos, os sequestros, os arrombamentos e a prática dos larápios que, furtivamente, subtraem o alheio. Essa forma afrontosa ou sutil de saquear o próximo e ainda atentar contra sua integridade física é uma transgressão incisiva deste mandamento.

Em segundo lugar, furta-se sempre que os recursos públicos são desviados para abastecer as contas bancárias dos poderosos. A corrupção endêmica em nosso país é uma prova insofismável de que a lei de Deus está sendo pisada como lama nas ruas. O erário público é assaltado impiedosamente. As obras públicas superfaturadas para abastecer os interesses rasteiros de políticos e empresários desonestos tiram o pão da boca do faminto e deixam desamparados os pobres. A corrupção é um crime contra a nação, é uma violência social gritante e um atentado contra o próximo.

Em terceiro lugar, furta-se sempre que na indústria e no comércio se faz propaganda enganosa para enganar os consumidores. Sempre que a indústria entrega um produto inferior ao prometido e o comércio majora os preços para auferir maiores lucros, o consumidor está sendo lesado. Deus abomina a mentira. Ele reprova balanças enganosas e pesos falsos. Deus não tolera a falta de integridade nas palavras e nas ações. Os ardis forjados para se passar um produto inferior por um preço superior é uma conspiração contra os bens do próximo e uma afronta aos seus direitos.

Em quarto lugar, furta-se sempre quando no trabalho se retém da empresa o que ela tem direito e sempre que o trabalhador retém da empresa o que não lhe pertence. O furto não é apenas de coisas, mas também de tempo, empenho e desempenho. Quando um funcionário faz corpo mole em vez de trabalhar com afinco. Quando chega sistematicamente atrasado em vez de ser pontual. Quando se apropria de objetos e bens da empresa para uso pessoal, o oitavo mandamento da lei de Deus está sendo quebrado.Em quinto lugar, furta-se sempre que a propriedade privada é invadida, mesmo sob os auspícios de leis jeitosamente feitas para anular a lei substantiva de Deus. A propriedade privada é um direito sagrado dado pelo próprio Deus. Invadir a propriedade privada por quaisquer motivos, suplantando o direito do proprietário é uma quebra do oitavo mandamento. A apropriação indiscriminada dos bens alheios e a Estatização dos bens particulares é uma afronta à lei de Deus e um golpe ao direito do próximo. Que os homens se curvem à lei de Deus, pois ela deve ser a matriz para todas as leis humanas. Só assim, teremos uma sociedade ordeira e íntegra.Você pode ler o post completo aqui.

O outro post que li, foi: Como vencer a ansiedade. Segundo um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisa em saúde (NIRH) da universidade de Cambridge, as mulheres são quase duas vezes mais propensa a sofrer de ansiedade que os homens, vejam a matéria na integra aqui. Na mensagem do Pastor Hernandes Dias Lopes ele destaca quatro causadores da ansiedade, como este post já está muito grande eu irei compartilhar apenas o primeiro e o último ponto que fala sobre: a causa da ansiedade e a cura para a ansiedade.

Como vencer a ansiedade

A causa da ansiedade. Jesus Cristo ao falar sobre a ansiedade diz que os gentios que não conhecem a Deus é que ficam ansiosos quanto ao que comer, beber e vestir. A incredulidade é a causa da ansiedade. Ficamos ansiosos porque duvidamos que Deus é suficientemente bom e sábio para cuidar de nossa vida. Ficamos ansiosos porque tentamos tomar o destino de nossa vida em nossas próprias mãos. Só temos duas opções: descansamos na bondosa providência de Deus ou seremos estrangulados emocionalmente pela ansiedade.

A cura da ansiedade. Ansiedade produz tormento mental, estrangulamento emocional e ausência de paz. Quando, porém, buscamos a face de Deus em oração, alimentamos nossa mente com pensamentos lá do alto e colocamos em prática o que aprendemos das Escrituras, então, a ansiedade bate em retirada e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, vem habitar em nós, montando guardas e sentinelas ao redor do nosso coração e da nossa mente. Mais do que isso, o próprio Deus da paz caminha conosco e nos conduz em triunfo! Leiam o post completo aqui.
Siga-me no instagram, basta clicar aqui.


Um comentário:

  1. Nossa, que post lindo! Esse último paragrafo é daqueles que se precisava ouvir, sabe?

    Obrigada por compartilhar!

    Beijos.

    Blog Jovens Mães / Instagran / Facebook

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião ela é muito importante para mim.