29 de março de 2015

10 Qualidades de Maria de Nazaré para as mulheres dos tempos atuais

 




  Embora as mulheres da Bíblia tenham vivido em uma época diferente da nossa, elas passaram pelas mesmas dificuldades que passamos. Elas eram jovens, mães, filhas,esposas, cuidavam do lar, enfrentavam doenças, morte, alegria, tristeza e todos os sentimentos que enfrentamos.

  Mesmo com tantas dificuldades  deixaram lindos exemplos para nós. Uma das mulheres da Bíblia que me chama muito atenção é Maria de Nazaré ela é um exemplo de sabedoria e qualidades que uma mulher que deseja seguir os planos de Deus deve ter.

1 Maria foi uma mulher humilde: 

  Humildade é uma das mais belas virtudes que uma mulher de Deus deve ter, é reconhecer que depende do Senhor, do seu apoio que sem ele não é nada!.
Ser uma mulher humilde, não quer dizer ser inferior, ser fraca, ser tímida. Uma mulher humilde tem um coração, puro dedicado ao Senhor e consequentemente uma vida disposta a servir-lo,ela reconhece que não tem méritos e que tudo vem de Deus.
 Veja o que essa mulher de Deus falou:
Porque contemplou na humildade da sua serva. Pois, desde agora, todas as gerações me considerarão bem-aventurada. Lucas 1.48.
 A humildade é essencial para uma vida de comunhão com Deus:
Bem aventurados os humildes de espírito porque deles é o reino dos Céus. Mateus 5.3.

2 Maria foi uma mulher da palavra:

 Diferente de hoje onde as mulheres tem acesso a ótimas escolas desde crianças o que eu acho ótimo! As mulheres do antepassado não frequentavam escola, nem tão pouco universidade provavelmente eram analfabetas. O que me chama atenção na oração de Maria são as citações de versículos:
Porque o poderoso me fez grandes coisas. Santo é o seu nome. Lucas 1.49

 Ela podia não ter estudo mas tinha ouvido a palavra de Deus e guardado no seu coração. Quando nos tornamos mulheres conhecedoras da palavra, aplicando ela em nosso coração e vivendo conforme ela ensina nossas atitudes e comportamentos passam a ser como Deus pensa e não como nós achamos que deve ser.

3 Maria foi uma mulher que meditava: 

 Uma mulher de Deus busca meditar na palavra, na Bíblia encontramos vários versículos  em que ressalta a meditação da palavra. Maria meditava na palavra:
Maria, porém, guardava todas estas palavras, meditando-as no coração. Lucas 2.19.
E desceu com eles para Nazaré; e era-lhes submisso. Sua  mãe, porém, guardava todas estas coisas no coração. Lucas 2.51
 Com uma vida corrida cheia de compromissos parece impossível tirar um tempo para meditar na palavra, mas se desejamos ser usada por Deus para fazer a diferença no mundo que vivemos temos que ter tempo para meditar na palavra.

 Uma dica: Sempre leio a Bíblia de manhã antes de começar as minhas atividades, tiro em média meia hora para ler e meditar o que acho pouco. Durante o dia entre uma atividade e outra fico meditando no versículo que li se surge alguma dúvida eu faço questão de anotar para não esquecer e a noite volto a estudar a palavra novamente.

4 Maria foi uma mulher confiante:

 Ela foi uma mulher que confiou  no Senhor para o cumprimento do seu propósito na sua vida, quando o anjo Gabriel apareceu anunciando o futuro nascimento de jesus a sua resposta revelou a confiança que ela tinha em Deus.
 Então disse Maria: Aqui está a serva do Senhor, que se cumpra em mim conforme a tua palavra. Lucas 1.38.
Uma mulher que confia no Senhor ela está disposta a obedecê-lo.

5 Maria foi uma mulher pura:  

 Vivemos em uma sociedade que zomba da pureza e aceita com facilidade aquilo que é impuro, um pouco parecido com o lugar onde Maria foi criada um lugar conhecido por sua corrupção moral. O lugar não influenciou para que ela perdesse sua pureza, ela era uma jovem pura que não caiu na sedução do pecado e foi no seu ventre que Deus colocou sua preciosa semente.
 Então disse Maria ao anjo: Como será isto, pois não tenho relação com homem algum?.
Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espirito Santo, e o poder do altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso também o ente santo que há de nascer será chamado filho de Deus. Lucas 1. 34 e 35. 

6 Maria foi uma mulher dedicada:

 Ela não só cuidou de jesus quando ele era criança mas o seguiu quando ele iniciou o seu ministério público, ela estava presente quando ele transformou a água em vinho.
Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm mais vinho. João 2.3
Na crucificação:
E junto a cruz estavam a mãe de Jesus, e a irmã dela,e Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena. Vendo Jesus sua mãe e junto a ela o discípulo amado, disse: Mulher, eis ai teu filho. João 19. 25 e 26.
  Ela segui Jesus mesmo quando muitos o rejeitaram, isso é um grande exemplo de dedicação.

7 Maria foi uma mulher que louvava:

 Louvar quando estamos com medo, insegura, enferma e  com um turbilhão de problemas não é fácil! mas é o que Deus quer de nós. O  louvor é uma arma poderosa contra o inimigo também é  uma forma de expressar gratidão e adoração. Ao invés de ficar preocupada com tudo que estava para acontecer na sua vida Maria decidiu louvar ao Senhor.
 Então disse Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegrou em Deus meu Salvador. Lucas 1. 46 e 47

8 Maria foi uma mulher de fé:

 Quando leio o evangelho de Lucas um dos versículos que mais me chama atenção é esse:
Bem-aventurada a que creu, porque serão cumpridas as palavras que lhe foram ditas da parte do Senhor. Lucas 1.45
 Maria confiou totalmente em Deus, ela não olhou sua capacidade, nem ficou se questionando, ela teve fé que Deus era capaz de cumprir o que lhe prometerá, ela teve fé que Deus cuidaria dela em qualquer situação, ela confiou no seu poder  e  Deus cumpriu com  a sua promessa .

9 Maria foi uma mulher submissa: 

 O maior exemplo de submissão de Maria foi quando ela disse: Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra. Lucas 1.38.
 Não sei lhe dizer qual era o plano que Maria tinha para sua vida antes que o anjo lhe aparecesse com a promessa que ela seria mãe do nosso Senhor, mas provavelmente ser a mãe do Senhor não estava nos seus planos, acredito que ela levava uma vida normal como qualquer jovem da sua idade, talvez sonhasse com um casamento e ser mãe de vários filhos.

 Uma coisa é certa ela abriu mão de tudo quanto desejava para viver tudo que Deus preparou para sua vida. Ela mostrou submissão a Deus ao se submeter a José  seguindo a sua liderança. Na medida que Deus revelava a  sua vontade a José ele orientava a sua família e Maria agia de acordo com o que Deus havia falado, obedecendo seu marido.

10 Maria foi uma mulher de oração: 

 A oração é uma das tarefas mas importante na vida da mulher e Maria entendia essa necessidade. Ela não só orava sozinha mas em conjunto com as outras mulheres. Ela reconhecia que a oração era o meio de aproximá-la de Deus e que dependia dele para tudo, que sozinha não conseguiria nada, ela buscava em Deus refúgio para sua alma e é assim que devemos viver orando, buscando a Deus em qualquer situação. Reconhecendo que só ele é capaz de realizar obras tão grandes nas nossas vidas, assim como ele realizou nas mulheres do antepassado.

Todos estes perseveraram unânimes em oração, com as mulheres, Maria mãe de Jesus, e com os irmãos dele. Atos 1.14

 A desconhecida donzela da desprezada cidade de Nazaré ilumina para sempre a natureza básica da condição feminina. Confiando as próximas gerações de mulheres a mensagem da fidelidade de Deus, seja para que criem seus próprios filhos ou para que alimente espiritualmente a outros, transcendendo o ciclo familiar. Maria não foi apenas a escolha soberana de Deus para carregar no ventre o bebê Jesus, mas foi também uma devota e humilde seguidora de seu  Messias.  ( Este último trecho foi tirado das reflexões da Bíblia da mulher página 1604.)

 Tenha uma ótima semana.

2 comentários:

  1. Muito bom esse estudo!!!Maria foi uma mulher de honra e não foi o homem que a honrou , mas o próprio Deus, fazendo gerar nela o nosso salvador Jesus!!E é a Ele que devemos toda a adoração,pois fez o maior sacrifício por nós.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião ela é muito importante para mim.