24 de julho de 2016

Modéstia: Uma medida de decoro

Hoje é dia de reflexão aqui no blog, eu confesso para vocês que passo a semana inteira pensando no assunto que irei compartilhar, sempre peço orientação a Deus e acima de tudo oro para que ele toque o coração de vocês através dessas curtas reflexões. O assunto de hoje é modéstia, antes de tudo vamos entender o significado dessa palavra.  

Modéstia é ausência de vaidade em relação ao próprio valor, as próprias realizações, êxitos etc. Despretensão.  A palavra modéstia vem do latim e significa (modus, lit. “medida”). Modéstia é uma medida de decoro ou humildade, caracterizada por reserva e ausência de excesso.

No novo testamento, a modéstia dá a ideia de ordem, referindo-se não apenas a adornos e vestimentas, mas também à harmonia interior. Seu sentido bíblico indica um distanciamento de qualquer coisa indelicada ou impura.

A modéstia é uma qualidade positiva, pois além de estar de acordo com os padrões éticos e morais estabelecidos pela sociedade, se enquadra nos princípios bíblicos. Muitas pessoas associam modéstia apenas a vestimentas, mas fazendo uma análise, entendemos que a vestimenta é apenas o escopo do assunto. No entanto, além das vestimentas recatadas, uma mulher deve ataviar-se de um espírito manso, um coração piedoso, de gentileza, bondade, amor ao próximo, ser despretensiosa, simples e humilde. Uma mulher modesta evita dá um excesso de valor a si mesma, as suas ações e conquista.  Veja o que o sábio Salomão escreveu sobre o autoelogio: Seja o outro que te louve, e não a tua boca; o estrangeiro, e não os teus lábios. Provérbios 27.2.
Modesta é uma virtude que começam no coração e se exterioriza nas atitudes, na forma que nos vestimos e nos comportamos.

Mas, quanto às vestimentas? Para responder essa questão vou compartilhar um esboço que li na página 1099 da Bíblia da mulher sobre esse assunto.

Quando Deus colocou Adão e Eva no jardim ambos estava nus e não se envergonhavam. Mas depois da queda, ficaram com medo. A vergonha e temor que experimentaram constituem o cerne da modéstia ou pudor, a necessidade que sentimos de cobrir o corpo. Deus proveu vestimentas para o primeiro casal, desde então os fiéis que temem a Deus também devem cobrir o corpo. Ao longo de toda a Bíblia a falta de pudor ou modéstia é associada à intenção de cometer pecados sexuais. Noé amaldiçoou seu neto Canaã devido à atitude imprudente de Cam, pai de Canaã. Bebendo do vinho, embriagou-se e se pôs nu dentro de sua tenda... Despertando Noé do seu vinho, soube o que lhe fizera o filho mais moço e disse: Maldito seja Canaã; seja servo dos servos a seus irmãos. Gênesis 9 21-25.

Isaías repreendeu as mulheres de Israel por seu exibicionismo: Disse ainda mais o Senhor: Visto que são altivas as filhas de Sião e andam de pescoço emproado, de olhares imprudentes, andam a passos curtos, fazendo tinir os ornamentos de seus pés, o Senhor o fará tinhosa a cabeça das filhas de Sião, o Senhor porá descoberto as suas vergonhas. Isaías 3. 16-17.

A alegoria da infidelidade conjugal no livro de Oséias faz referência ao comportamento desavergonhado com uma conotação sexual: Pois a sua mãe se prostituiu; aquela que os concebeu houve-se torpemente, porque diz: Irei atrás de meus amantes, que me dão o meu pão e a minha água, a minha lã e o meu linho, o meu óleo e a minha bebida. Oséias 2.5.

As cartas de Paulo no Novo Testamento se referem mais especificamente às vestimentas adequadas para os cristãos. Os apóstolos ensinam que a pessoa cristã deve conhecer os limites da decência. Ao falar dos dons espirituais e do decoro da igreja, Paulo pressupõe que certas partes do corpo devem ser cobertas. Da mesma sorte, que as mulheres, em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso, não com cabeleira frisada e com ouro ou pérolas, ou vestuário dispendioso. 1 Timóteo 2.9.
E os que nos parecem menos dignos no corpo, a estes damos muito maior honra; também os que em nós não são decorosos revestimos de especial honra. 1 Coríntios 12.23.

A cultura na qual uma mulher nasceu e a sociedade cristã da qual ela faz parte são fatores que influenciam seus conceitos de decência, mas, em última análise, sua modéstia deve ser norteada por seu relacionamento pessoal com Jesus Cristo e pela pureza dele.

Leia mais sobre modéstia nos links a seguir.



Um comentário:

  1. Olá!

    Acho que nunca tinha lido o significado da palavra "modestia" antes. Realmente é uma palavra carregada de significado, muitas vezes limitada ao exterior. Ser modesta é um grande desafio... não é nada fácil, já que a tendência dos nossos corações enganosos (Jeremias 17:9) é outra, entretanto deve ser um assunto de sincera oração diante de Deus. Somente Ele pode gerar essa e demais virtudes que tanto precisamos para que o nome dEle seja glorificado a cada dia em nossas vidas.

    Gostei do post!
    Bjim

    ResponderExcluir

Querida (o) sua opinião ela é muito importante para mim, conte-me o que achou da postagem. Se você gostou compartilha com suas amigas, assim mais pessoas serão alcançadas.
Beijos.