27 de junho de 2016

Onde está Deus?

“Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque assim como os céus são mais altos que a terra, assim os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.” (Isaías 55:8, 9).
Quando acontece uma tragédia algumas pessoas se perguntam: Onde estava Deus? Normalmente as pessoas têm o costume de pensar que se Deus está vendo tudo, então nada de ruim vai acontecer, ou que, se Deus é bom; logo tragédias não deveriam acontecer. No entanto elas não percebem que Deus habita em uma esfera diferente da nossa, que tem planos diferentes dos nossos. Deus não trabalha conforme a nossa vontade, nós não determinamos o que ele deve fazer, ele não é guiado por nós; somos pecadores ele é santo; somos limitados ele é ilimitado. Ele faz conforme o seu querer e não conforme nossos desejos.  Em meio à tragédia, ele é o mesmo Deus, ele é soberano do mesmo jeito, ele é fiel.

Nós enxergamos o presente, ele vê o presente e o futuro; nós almejamos desfrutar bênçãos matérias, ele quer que gozemos de sua maravilhosa presença; lembramos constantemente das nossas dores, mas não paramos para refletir no sofrimento que Jesus passou por nós; julgamos injusto alguém morrer em uma tragédia, esquecemos que a maior injustiça aconteceu quando um homem santo, justo, sem pecado morreu para nos justificar, sendo nós miseráveis pecadores, que nem se quer merecíamos sua graça.

Os pensamentos de Deus são diferentes dos nossos, os caminhos dele são diferentes dos nossos, ele tem um plano diferente, o qual nós nunca iremos entender. Ele vê a eternidade, ele sabe o motivo pelo qual tudo acontece, quem somos nós para questionarmos os planos de Deus? Quem somos nós para querermos entender? Por acaso ele nos deve explicações?Ele é o criador de tudo, ele projeta caminhos que nós nunca poderemos entender, faz coisas inimagináveis acontecerem, o que é impossível para nós é possível para ele. “Porque mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou, e como a vigília da noite” (Salmos 90:4).  

Jamais conseguiríamos medir o tamanho do seu poder, nem a intensidade do seu amor, nossos pecados são tão grandes que nunca conseguiríamos nos aproximar de Deus, mas a sua graça é tão imensurável que nos alcançou. Embora não possamos entender ou ver seus propósitos sabemos que ele está no controle de tudo em nossa vida, em qualquer situação ele está conosco, ele nunca nos deixa só. Assim só nos resta confiarmos nossas vidas a ele. Abandone o desejo de entender e dizer como Deus deve agir e apenas confie.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Querida (o) sua opinião ela é muito importante para mim, conte-me o que achou da postagem. Se você gostou compartilha com suas amigas, assim mais pessoas serão alcançadas.
Beijos.